Direito Global
blog

O cabelo do juiz

O titular do Tribunal de Menores de Granada, na Espanha,Emilio Calatayud, conhecido por suas sentenças exemplares e não convencionais, aplicou a pena alternativa de nove meses de trabalho sócio-educativo “para desenvolver prioridade no formação e ajuda a obtenção do título de cabeleireiro ” a um adolescente que roubou um secador de cabelo e mais 600 euros de um salão de cabeleireiro.

O menor terá que concluir, ao longo dos nove meses, um curso que, segundo ele vinha fazendo, para obtenção do título de cabeleireiro. Ao final do curso, por decisão do magistrado, ele terá que cortar o cabelo de um cliente e provar que aprendeu a profissão. O cliente será o próprio juiz Emilio Calatayud.

O menor pertence a uma família de origem marroquina que estava na Espanha há 19 anos. Segundo os autos do processo, ele passa a maior parte do dia nas ruas de Granada com colegas da mesma idade e até interagindo com maiores que também não estudam e nem trabalham.

clica