Direito Global
blog

Agente preso em flagrante

A juíza plantonista Sanã Almendros determinou, durante audiência de custódia, a prisão preventiva do agente penitenciário Hermes Alberto Ugarte, preso em flagrante no último domingo (6), acusado de tentar introduzir aparelhos celulares, entorpecentes, tesouras, dinheiro e outros itens que são proibidos na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, localizada no centro de Manaus. Nesta cadeia foram transferidos os presos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) logo após o início da crise do sistema prisional, em janeiro deste ano.

O agente penitenciário Hermes Alberto Ugarte foi preso em flagrante acusado de tentar introduzir na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa 500 gramas de entorpecentes, 15 celulares, 11 carregadores, 11 fones de ouvido, duas baterias, uma serra, cinco alicates, duas chaves de fenda, um martelo, duas tesouras, dois bocais de lâmpada, três chaves de algema, um espelho e R$ 1.459,50.

clica