Direito Global
blog

Briga em família

A Polícia Civil de Campinas apresentou hoje (16) o assassino da vigilante Raquel Nascimento, de 32 anos, morta a tiros no estacionamento do Centro de Saúde São Domingos no dia 23 de janeiro deste ano. O suspeito, de 39 anos, é tio da vítima. Ele alegou à polícia que se relacionava com a sobrinha e que decidiu matá-la por ter contraído o vírus HIV.

O homem era foragido da Justiça; ele cumpria pena no regime semiaberto pelo homicídio do sogro, em 2007, e fugiu durante o período de trabalho para matar a sobrinha. Ele foi preso na última terça-feira (14) em Guarulhos (SP) após se entregar à Polícia Militar. Antes, ele havia ligado para uma irmã, confessou o crime e foi convencido a se entregar.

clica