Direito Global
blog

Mutirão de saneamento

As Varas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, de Salvador,na Bahia, passarão por um mutirão de saneamento a partir deste mês de março, com o objetivo de reduzir o número de processos.

A ação foi discutida entre a desembargadora Nágila Maria Sales Brito, responsável pela Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça da Bahia, e as juízas Ana Cláudia de Jesus Soares, titular da Segunda Vara de Violência Doméstica, e Nartir Dantas Weber, que substitui, em março, a titular da Primeira Vara, juíza Márcia Nunes Lisboa.

A desembargadora explicou que os esforços vão se concentrar, neste primeiro momento, na baixa de sentenças processuais. Com esse objetivo, servidores e magistrados das varas serão submetidos a um “curso relâmpago” a respeito do uso adequado do sistema Serviço de Atendimento Judiciário (SAJ), nas próprias unidades.

clica