Direito Global
blog

Parentes na prefeitura

O Ministério Público de Sergipe (MP), através do promotor de Justiça Antônio César Leite de Carvalho, responsável pela 1ª Promotoria de Justiça de Lagarto, revelou que já está questionando o gestor Valmir Monteiro (PSC) sobre a nomeação de parentes na prefeitura. Segundo a promotoria, a manifestação de resposta do prefeito deve ser dada num prazo de dez dias.

A informação foi evidenciada pelo Jornal da Cidade, que revelou a determinação do prefeito Valmir em nomear familiares para comandar secretarias. Há ainda denúncias de outras possíveis nomeações em cargos de comissão na Prefeitura de Lagarto. De acordo com o promotor de Justiça, o fato do prefeito nomear parentes para funções políticas é permitido por súmula vinculante. Contudo, outros contratos serão analisados para saber a regularidade legal.

“Tomamos conhecimento imediata exoneração de todos automaticamente. Todavia, se o prefeito faltar com a verdade nas informações solicitadas pela requisição, consequências sérias poderão ser tomadas. “Queremos todas as informações necessárias, pois se houver omissão ou falta com a verdade o prefeito poderá responder por ação de improbidade administrativa”, acrescentou.

clica