Direito Global
blog

Na porta de casa

O 2º Tribunal do Júri de Belo Horizonte condenou o mecânico P.F.S.G. a 9 anos de prisão, em regime fechado, por homicídio privilegiado (sob o domínio de violenta emoção, logo em seguida a injusta provocação da vítima) e qualificado (impossibilitou a defesa da vítima). O homem matou a tiros o comerciante G.S.A., na madrugada do dia 29 de abril de 2016, na porta da casa noturna Alambique, após uma briga iniciada dentro do estabelecimento. O réu já estava preso desde o crime e aguardará qualquer recurso na mesma situação

clica