Direito Global
blog

Padeiro atropelado

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça Cumulativa de Nova Venécia, denunciou o motorista Roger Bermudes Pansiere que atropelou um padeiro e esposa dele, na madrugada do dia 20/05, no município, por homicídio tentado, com as qualificadoras; uma do perigo comum, por ele ter conduzido o veículo, colocando a vida de outras pessoas em risco, e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas.

O motorista ingeriu bebidas alcoólicas e estava fazendo uso de medicamentos que alertam para o uso concomitante ao álcool e o perigo de conduzir veículos, por causarem sonolência. O MPES solicitou a condenação de ressarcimento em valor mínimo de cem mil reais em favor das vítimas e, caso condenado, o acusado pode pegar pena de reclusão de doze a trinta anos, iniciando o cumprimento em regime fechado.

clica