Direito Global
blog

Morte do professor

O Tribunal do Júri da Comarca de Bujari, município localizado a 18 kms de Rio Branco, no Acre, condenou Willian Silva do Nascimento a 17 (dezessete) anos de reclusão, inicialmente em regime fechado. Ele foi denunciado pelo Ministério Público pela prática dos crimes de homicídio qualificado e corrupção de menor.

O réu foi acusado de assassinar, juntamente com o adolescente M.A.S., de 16 anos, o professor Uedson Valentim de Araújo, crime ocorrido no dia 26 de maio de 2016, no km 52 da BR 364. De acordo com os autos a morte da vítima, que mantinha um relacionamento afetivo com o menor, teria como causa ciúmes, pelo fato de Uedson ter dado atenção a alguns rapazes durante um arraial realizado na localidade. Para o Ministério público, a ação dos acusados teve componente de homofobia presente na motivação do crime.

clica