Direito Global
blog

Tornozeleira sexual

Policiais militares do 15° batalhão que patrulhavam o bairro de Gramacho, na cidade de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, abordaram um homem em atitude suspeita usando uma tornozeleira eletrônica. Durante a revista e consulta sobre a situação do indivíduo, foi verificado que o nome dele não constava nos registros, ou seja sem nenhuma passagem pela polícia.

O Policial reconheceu que o utensílio era falso, isso mesmo, de brinquedo, quando questionado, o homem alegou usar para atrair mulheres pois segundo o falso bandido, isso impõe respeito.

clica