Direito Global
blog

“Nada menos que tudo”

Chega às bancas no próximo dia 27 o livro “Nada menos que tudo”, do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot e editado pela Planeta Livros, com os jornalistas Jailton Carvalho e Guilherme Evelin. No livro, Janot conta com detalhes os bastidores e as pressões que sofria no início e no decorrer da operação Lava Jato.

Sinopse do livro apresentada no site da editora Planeta:

“Temido e odiado por políticos de todos os partidos, aclamado como herói nas ruas, o ex-procurador-geral Rodrigo Janot é uma figura central da história contemporânea brasileira. Sua atuação no comando da operação Lava Jato transformou o país, expondo a corrupção em diversas esferas do poder. Por duas vezes, a chamada “Lista do Janot” fez o Brasil parar na frente da televisão ao envolver os mais marcantes personagens da vida nacional em escândalos. Em Nada menos que tudo, ele faz revelações importantes sobre grandes nomes da política brasileira, como Lula, Dilma, Temer, Aécio, Cunha, Serra, Collor, Genoíno, Sarney, Renan, Jucá, entre outros.

Aposentado e sem pretensões políticas, ele lembra os bastidores, as intimidações e as pressões que sofria continuamente. Recorda diálogos e situações indizíveis. Nas entrelinhas estão possíveis explicações para a escalada do movimento que levou Jair Bolsonaro à Presidência da República.”

Rodrigo Janot Monteiro de Barros, nascido em Belo Horizonte em 15 de setembro de 1956 atuou como advogado de 1980 até 1984 quando entrou para o Ministério Público Federal. Foi o Procurador-Geral da República de 2013 a 2017, indicado pela ex-presidente Dilma Rousseff. Após se aposentar, voltou para a advocacia. Sua carteira principal é da OAB-MG sob o número 31042. Tem, ainda, uma carteira suplementar da OAB-DF sob o número 00773 A.

 

Baixe trecho do livro Nada menos que tudo

clica