Direito Global
blog

Vazamento de óleo

O Ministério Público estadual da Bahia vai promover, no dia 6 de novembro, às 13h30, uma reunião pública no auditório da Instituição, em Nazaré, para discutir os impactos socioeconômicos e ambientais do vazamento de óleo para as comunidades pesqueiras e marisqueiras da Bahia.

Na ocasião, a promotora de Justiça Lívia Santana ouvirá as demandas de representantes das comunidades e posteriormente fará os devidos encaminhamentos do que for discutido no encontro. Na semana passada, o MP instaurou procedimento para atender as reivindicações apresentadas por pescadores e marisqueiras atingidas pelo vazamento de óleo.

No último dia 24, representantes dessas comunidades entregaram uma carta aberta aos membros dos Ministérios Públicos Estadual e Federal relatando os prejuízos enfrentados por eles. No documento, eles solicitaram que seja analisada a qualidade da água e do pescado nas suas comunidades para verificar se existe ou não contaminação. Já no aspecto econômico, pescadores e marisqueiras pediram a criação de um seguro especial para ajudar a minorar os prejuízos provocados pelo vazamento.

clica