Direito Global
blog

Trinta anos da eleição de 1989

No dia de hoje, há trinta anos, o eleitor brasileiro ia às urnas para escolher livremente o nome do Presidente da República. Foram 25 anos sem ter o direito de escolher o seu candidato. Sob a presidência do mineiro de Cristina, Francisco Rezek, o Tribunal Superior Eleitoral preparou durante todo o ano de 1989 o pleito eleitoral. A eleição do primeiro turno foi um sucesso. Foram escolhidos pelo voto direto os candidatos Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva.

Foi a minha primeira experiência como assessor de imprensa. Cheguei em julho de 89 ao TSE convidado por Rezek, que também era ministro do Supremo Tribunal Federal. Até aí, era repórter setorizado no Palácio do Planalto. Ser repórter sempre foi meu sonho desde criança. Admito que levei alguns dias para decidir se trocava a vida de repórter pela de assessor.

clica