Direito Global
blog

Um mundo melhor

Os 33 detentos, entre homens e mulheres, de São Luís (MA) receberam os certificados de cursos vinculados ao projeto “Ajufe por um Mundo Melhor”. A cerimônia celebrou a parceria entre a Ajufe, o Instituto Mundo Melhor e a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária do Maranhão.

O ex-presidente da Ajufe, Roberto Veloso, o juiz federal Rafael Wolff e o secretário de Estado da Administração Penitenciária, Murilo Andrade de Oliveira participaram da entrega das certificações, que podem ser utilizadas como remição de pena.

A parceria entre a Ajufe e o IMM prevê a destinação de valores de contas de prestação pecuniária para aquisição de materiais, visando a instalação de salas virtuais de aprendizagem em unidades penais em todo o país. Além de São Luís, a iniciativa acontece nos estados do Paraná, Santa Catarina e Pernambuco. Só em 2019, mais de 5 mil cursos foram oferecidos aos apenados através do “Ajufe por um Mundo Melhor”.

No Maranhão, o projeto, iniciado no fim de 2019, espera alcançar ao menos 1.500 pessoas no primeiro ano de parceria. Em janeiro deste ano foram iniciadas as primeiras turmas, com mais de 100 certificações na fase inicial de implantação.

clica