Direito Global
blog

No lugar certo

O desembargador federal aposentado e ex-presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais), Vladimir Passos de Freitas assumiu a Secretaria Nacional de Justiça, órgão ligado ao Ministério da Justiça. A Secretaria Nacional trata de medidas relacionadas com imigração, relações internacionais,, extradição, classificação de filmes, e propaganda, acesso e agilização da Justiça (com o Poder Judiciário). Cerca de 300 servidores irão ajudar o novo Secretaria nestas tarefas. Vladimir tomou posse sem nenhuma cerimônia. “Muito há a fazer. Experiência e ânimo não me faltam. Mãos à obra”, disse após assinar protocolarmente o livro de posse.

Vladimir Passos de Freitas, nascido em São Paulo, em 4 de maio de 1945, é graduado em direito pela Faculdade Católica de Santos, em 1968, no ano seguinte foi aprovado em concurso para delegado da Polícia Federal. Ingressou no Ministério Público do Paraná em julho de 1970 e no São Paulo em dezembro do mesmo ano. Foi promotor de justiça até março de 1980 quando, aprovado em concurso público nacional, assumiu como juiz federal da 4ª Região, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Atuou durante muitos anos como desembargador aposentado do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), do qual foi presidente entre 2003 e 2005. Foi presidente da Ajufe de 1994 a 1996, vice-presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB e presidente da International Association For Court Adminisration (Iaca) de 2016 a 2018, entidade com sede em Arlington, VA, Estados Unidos da América.

A entidade foi criada em outubro de 2004, em Lijubljana, na Eslovênia, para promover estudos de aprimoramento de tribunais. Foi coordenador de capacitação de juízes do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – PNUMA e da União Internacional para Conservação da Natureza – UICN, da qual faz parte, atualmente, no grupo de professores. Em 2010, integrou a equipe da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça. Palestrante nacional (todos os estados do Brasil) e internacional (18 países), tem mais de 400 artigos publicados em revistas no Brasil e no exterior.

clica