Direito Global
blog

Santa Casa

Uma ação indenizatória e de preservação do prédio histórico da Santa Casa proposta pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM) em 2014 culminou no pagamento de mais de R$ 5 milhões em verbas rescisórias e indenizatórias a ex-funcionários.

A autorização de pagamento foi assinada pelo Juiz Aldrin Henrique de Castro Rodrigues, da 8ª Vara Cível e de Acidentes de Trabalho. Além dos salários atrasados, será paga indenização ao senhor Fausto Biváqua, de 62 anos, que foi vítima de uma explosão das caldeiras da Santa Casa, em 1970, que levou à amputação de sua perna direita. O ex-funcionário esperava por Justiça há 50 anos.

clica