Direito Global
blog

Eleição geral em 2022

Em virtude da pandemia de covid-19, vários deputados e senadores já começaram a discutir em suas respectivas quarentenas a possiblidade do Congresso Nacional votar o adiamento das eleições municipais de outubro próximo. A intenção é unificar todas as eleições em outubro de 2022 – a chamada eleição geral – quando serão escolhidos o próximo presidente da República e 27 governadores.

Com o adiamento das eleições os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores serão prorrogados até 01 de janeiro de 2023 quando todos os eleitos em outubro de 2022 tomarão posse em seus respectivos cargos. Caso ocorra o adiamento, seis cargos estarão disputa: Presidente da República, Governadores, Senadores, Deputados Federais, Deputados Estaduais – distritais em Brasília – e vereadores.

clica