Direito Global
blog

Delito de trânsito

O desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Claudio Jean Nogueira Virginio, natural de Afogados da Ingazeira (PE), se envolveu, naquele município, em acidente, mas não prestou socorro às vítimas, segundo boletim de ocorrência da Polícia. Ele conduzia o veículo Toyota/Corolla quando colidiu com uma motocicleta de cor vermelha que transportava um casal. A informação é do blog do jornalista Magno Martins.

Uma das vítimas sofreu uma pancada na cabeça e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o hospital.Ainda segundo o boletim da PM, o desembargador não foi encontrado no local e deixou a chave do seu veículo com uma testemunha.

Após prestar socorro às vítimas, a guarnição da PM ainda fez uma busca pelo desembargador em alguns endereços dele na cidade, mas não o encontrou.

Sua escolha ocorreu para ocupar uma vaga de desembargador ocorreu pelo critério de antigüidade. Especializado em Administração Judiciária e Direito Público e Privado, Cláudio Jean Nogueira Virgínio iniciou a carreira jurídica como advogado.

Em 1985, ingressou no TJ/PE como juiz da Comarca de Parnamirim. Em 1989, assume a 2ª Vara Criminal de Jaboatão dos Guararapes, indo para o Recife três anos depois, como juiz substituto da 1ª Vara dos Crimes de Delito de Trânsito e Contravenção Penal (atual 19ª Vara Cível). No biênio 2003/05, respondeu cumulativamente pelo Distrito Estadual de Fernando de Noronha.

clica