Direito Global
blog

Fora do mercado de trabalho

“Diante dos sofisticados recursos tecnológicos necessários à participação nas audiências por meio de videoconferências, que estão sendo realizadas em razão do isolamento social imposto pela pandemia, a maioria dos advogados, que não possui escritórios, nem mesmo recursos para investir em computadores e celulares, acabará afastada do mercado de trabalho.”

O alerta foi feito pela presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Rita Cortez, ao participar de uma live no Instagram, a convite do ex-presidente da Associação Fluminense dos Advogados Trabalhistas (Afat), Marcelo Cruz, O tema da conversa – unidade na adversidade’.

De acordo com Rita Cortez, as entidades representativas da classe precisam se unir para ajudar a parcela expressiva da advocacia que enfrenta as “adversidades” causadas pelas dificuldades para atuar nos procedimentos virtuais. A advogada trabalhista apontou também os efeitos da nova realidade no atendimento à população. “A atuação do advogado é fundamental para garantir o acesso à justiça e a prestação jurisdicional, sobretudo às partes, especialmente na área trabalhista, que também não dispõem de recursos para participar de videoconferências”, afirmou.

clica