Direito Global
blog

Bandidagem pura

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou pela continuidade do inquérito das fake news. O ministro se posicionou afirmando que o inquérito é legítimo.

“Qualquer causa que seja não fundada em ódio é legítima, mas causas financiadas de ódio são bandidagem pura”, disse Barroso. Ele pontua que o limite do inquérito está em ver quem financia os ataques aos membros do STF. “A democracia comporta militância, mas quem recebe dinheiro para fazer campanha de ódio não é militante, é primeiro mercenário e depois um criminoso”.

clica