Direito Global
blog

Contratos estranhos

O vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho, acumulou por três meses, em meio à pandemia da Covid-19, o cargo de secretário de Saúde e assinou diversos contratos e aditivos para combater o avanço da pandemia no estado.

Em um dos últimos atos antes de deixar o cargo, ele assinou um aditivo de mais R$ 100 milhões com o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano para gerenciamento do Complexo Hospitalar Zona Norte.

clica