Direito Global
blog

MS ainda não depositou dinheiro da Kyara

Resultado de um governo que tem dificuldades em se comunicar: no último dia 6 o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que o Ministério da Saúde complementasse o valor de R$ 6.659.018,86 para custear o remédio mais caro do mundo para a pequena Kyara Lis de Carvalho Rocha, de 1 ano e 2 meses, diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME). A decisão foi do ministro Napoleão Nunes Maia Filho e atendeu a um pedido feito pela advogada da família, Daniela Tamanini.

Até o momento – o governo ainda está no prazo – não houve o depósito determinado pela justiça. Caso tivesse sensibilidade, o governo depositaria os recursos para aparecer na conta bancária indicada pela família de Kyara no dia de hoje (12), mesmo sendo feriado. Seria uma homenagem a todas as crianças do país.

clica