Direito Global
blog

Em casa 100 mil, 1 mil presos no Acre

O Acre é o estado do Brasil que mais aprisiona pessoas, sejam adultos ou adolescentes. São 8.414 pessoas que compõem a população privada de liberdade no sistema penal acreano e 668 adolescentes internados em meio fechado. A taxa de aprisionamento é de 954,04 pessoas para cada 100 mil habitantes, são quase 1 mil pessoas presas a cada 100 mil habitantes. Isso mostra que o problema da criminalidade e da crise no sistema penal e socioeducativo a nível estadual não é ausência de detenções ou até de punições.

Esses dados, de 2019/2018, coletados do Sistema de Informações Estatísticas do Sistema Penitenciário Brasileiro (Infopen), e com base no Panorama da Execução dos Programas Socioeducativos de Internação e Semiliberdade nos estados brasileiros, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), estão no Relatório do programa Justiça Presente, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Essas informações evidenciam que para lidar com situação penal é preciso realizar ações que lidem com as causas e com as consequências desse problema.

clica