Direito Global
blog

Feminicidio dá cadeia

O Tribunal do Júri de Taguatinga condenou o réu Rodrigo Moreira da Silva a oito anos de prisão por tentar matar a ex-namorada. O acusado deverá cumprir a pena inicialmente em regime fechado e não poderá recorrer da sentença em liberdade.

Consta dos autos que o réu não aceitava o fim do relacionamento amoroso que manteve com a vítima e, por essa razão, sempre a perseguia e a ameaçava dizendo que “se ela não ficasse com ele, não ficaria com mais ninguém”. Momentos antes do crime, no dia 26/12/2018, o réu esteve na casa da vítima e, tomando dela o aparelho celular, começaram a discutir. O pai da vítima ouviu a discussão, foi até a varanda onde o casal estava e ordenou que o acusado deixasse o local. Sem atender a ordem, Rodrigo sacou uma faca e começou a golpear a vítima.

clica