Direito Global
blog

Uma Reitora negra em escola na Escócia

O presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), advogado criminalista Hélio Chagas Leitão comemorou a escolha da professora Leyla Hussein para Reitora da Universidade de St Andrews, Escócia. Ela nasceu na Somália e é uma psicoterapeuta e professora reconhecida internacionalmente, com especialização em mutilação genital feminina. Agora, Leyla Hussein é a primeira mulher negra a ocupar o cargo de reitora da St. Andrew University , a mais antiga universidade da Escócia e considerada uma das mais prescientes da Europa. “É a primeira mulher negra a exercer o cargo em 600 anos de história dessa universidade”, disse Leitão.

A nova gerente é uma cidadã britânica e em 2019 foi nomeada membro da Ordem do Império Britânico (Obe) pela Rainha Elizabeth II por seu compromisso na luta contra a mutilação genital. A psicoterapeuta é a fundadora do Projeto Dahlia, o primeiro órgão a fornecer assistência especializada a mulheres que sobreviveram a mutilações no Reino Unido. Hussein comentou a nomeação nos seus perfis sociais, definindo-se como “entusiasta” pelo novo cargo obtido e afirmando: “a história está feita. A mudança está chegando ”.

clica