Direito Global
blog

MATI critica duramente reforma trabalhista

O diretor de Relações Institucionais do MATI – Movimento da Advocacia Trabalhista Independente, mineiro de Prata mas radicado há vários anos no Rio de Janeiro, Nicola Manna Piraino criticou hoje (13), duramente, a Lei 13467/17 que, segundo ele, deformou a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT e completou três anos na última quarta-feira. “O tempo mostrou o desastre da reforma trabalhista. Não foi por falta de aviso de todos nós do MATI. Prometeram a fábula de 6 milhões de novos empregos, com o apoio maciço da grande mídia. O que se viu foi a precarização da relação entre o capital e o trabalho, com a enorme propagação do famigerado trabalho intermitente. Até o mundo mineral sabe que a mola mestra geradora de empregos, são os investimentos no setor produtivo da economia”.

clica