Direito Global
blog

MATI defende punição para empresa espanhola

O diretor de Relações Institucionais do MATI – Movimento da Advocacia Trabalhista Independente – Nicola Manna Piraino defendeu hoje (18) que a empresa espanhola, que é a concessionária da energia elétrica no Amapá, deveria perder imediatamente a concessão e ser condenada pesadamente a indenizar o povo daquele estado, jamais nós, consumidores dos outros estados, pagarmos por prejuízos, que não demos causa. “Espero que a notícia veiculada no jornal “O Estado de S. Paulo”, não se concretize”, disse. Ontem (18) à noite, ocorreu um novo apagão no Amapá. Falta de respeito com a população. E o governo federal ainda quer privatizar a Eletrobrás, concluiu Piraino.

clica