Direito Global
blog

Dia Internacional do Hanseniano.

O dia 29 de janeiro é lembrado como o Dia Internacional do Hanseniano. A hanseníase, também conhecida como lepra, é uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Mycobacterium leprae. Foi descoberta em 1873 por um cientista chamado Hansen, daí a origem do nome desta doença.

Segundo o Ministério da Saúde, no ano de 2014 o Brasil registrou 24.612 novos casos da doença, sendo Mato Grosso o estado campeão da doença, com 9,03 casos por cada 10 mil habitantes. E em seguida, o Maranhão, com 5,29 casos por cada 100 mil habitantes. Pará, Tocantins e Pernambuco também apresentam índices considerados muito altos.

A hanseníase é uma doença que atinge a pele e os nervos dos braços, mãos, pernas, pés, rosto, orelhas, olhos e nariz, podendo causar deformidades físicas, possíveis de ser evitadas com o diagnóstico realizado no início da doença e com o tratamento imediato. As pessoas em tratamento podem levar uma vida normal no trabalho, na família e na sociedade.

A hanseníase é transmitida por meio de tosse ou espirro, ou então em um convívio prolongado com a pessoa que possui a bactéria. É de suma importância salientar que assim que a pessoa começa o tratamento ela deixa de transmitir a doença. Os sintomas podem ser apresentados como nódulos, manchas dormentes na pele, esbranquiçadas ou avermelhadas, diminuição de força nas mãos e nos pés, formigamento ou dor nas mãos e antebraços, pernas e pés, nariz entupido, feridas e sangramento nasal, ressecamento dos olhos e queda dos pelos.

clica