Direito Global
blog

Membro do IAB assume presidência do TRF

Membro honorário do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), o desembargador federal Messod Azulay Neto tomou posse como presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) para o biênio 2021/2023, em sessão solene virtual que contou com a participação da presidente nacional do IAB, Rita Cortez. Os desembargadores Guilherme Calmon Nogueira da Gama e Theophilo Antonio Miguel Filho, também membros honorários, foram empossados, respectivamente, nos cargos de vice-presidente e corregedor regional.

“O IAB tem mantido um excelente relacionamento com os tribunais e continuará dialogando diretamente com o TRF2, especialmente através dos empossados, que são consócios do Instituto”, disse Rita Cortez. A advogada ressaltou “a satisfação de participar da posse da nova administração, confiando na manutenção do salutar entendimento entre a advocacia e a magistratura federal”.

Participaram da sessão solene virtual o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins; os ministros da corte Luís Felipe Salomão, Benedito Gonçalves, Antonio Saldanha Palheiros e Marco Aurélio Bellizze; os governadores dos Estados do Rio Janeiro, Cláudio Castro, e do Espírito Santo, Renato Casagrande; o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o presidente da OAB/RJ, Luciano Bandeira, entre outros.

A presidente do IAB falou também sobre os desafios lançados pelas novas situações decorrentes da pandemia. “Há desafios a serem enfrentados pela sociedade e pelos poderes do Estado, principalmente o Judiciário, o que exige diálogo permanente entre advogados, magistrados, serventuários e demais integrantes do sistema de Justiça”.

Graduado em 1986 pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Messod Azulay Neto tem cursos de extensão nas áreas administrativa e empresarial da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O magistrado publicou várias obras, entre as quais O novo cenário das telecomunicações no Direito brasileiro, O novo recurso de agravo, O penhor legal como garantia do crédito locatício e Compêndio de Direito Previdenciário.

clica