Direito Global
blog

Primeiro aniversário como ministro

Pela primeira vez Kassio Nunes Marques irá comemorar aniversário como membro da mais importante Corte de justiça do país. No próximo domingo, dia 16, o ministro nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro para o STF na vaga de Celso de Mello irá completar 49 anos. Nascido em Teresina (PI), Kassio anteriormente foi advogado, juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí e desembargador federal do Tribunal Regional Federal da 1ª Região onde chegou pelo Quinto constitucional da advocacia.

Graduado em direito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) em 1994, Kassio concluiu especialização em processo e direito tributário pela Universidade Federal do Ceará (UFC) em 2013, bem como mestrado em direito constitucional pela Universidade Autônoma de Lisboa (Portugal) em 2015 e doutorado em direito pela Universidade de Salamanca (Espanha) em 2020.

Atuou como advogado entre 1996 e 2011, nas áreas cível, trabalhista e tributária. De 2001 a 2011, foi sócio do escritório Marques, Carvalho e Araújo Advogados Associados. De 2007 a 2009, foi conselheiro seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Piauí, e de 2010 a 2011 foi suplente do Conselho Federal da OAB, no qual integrou a Comissão Nacional de Direito Eleitoral e Reforma Política.

Em maio de 2008, tornou-se juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), indicado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Piauí para vaga destinada a advogado, com mandato de um biênio, sendo reconduzido em 2010. Em 12 de maio de 2011, assumiu o cargo de desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), indicado em lista sêxtupla pela Ordem dos Advogados do Brasil e nomeado pela presidente Dilma Rousseff em vaga do quinto constitucional, após a aposentadoria do desembargador Carlos Fernando Mathias de Souza.

No TRF-1, integrou a 1ª Turma da 1ª Seção, composta de seis magistrados e responsável, principalmente, pelo julgamento de processos na área previdenciária. Foi vice-presidente do tribunal de 2018 a 2020.

clica