Direito Global
blog

Correiçao no TRT gaúcho

O corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Aloysio Corrêa da Veiga, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), iniciou a correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS). A correição vai até sexta-feira (16) e avaliará o desempenho geral do TRT-RS, com mais ênfase no segundo grau de jurisdição, pois o primeiro já é fiscalizado pela Corregedoria do próprio Tribunal. Em razão da pandemia, as atividades estão sendo realizadas à distância.

Neste primeiro dia, o ministro Aloysio reuniu-se com os desembargadores da Administração: Carmen Izabel Centena Gonzalez (presidente), Francisco Rossal de Araújo (vice-presidente), George Achutti (corregedor regional) e Raul Zoratto Sanvicente (vice-corregedor regional). Também houve uma reunião com os desembargadores da Corte, à tarde, e outra com servidores-gestores das áreas do Tribunal envolvidas na correição, pela manhã.

Ao se manifestar na abertura desses encontros, o ministro lamentou o difícil momento que o país atravessa por conta da pandemia de Covid-19, com mais de 500 mil mortes e uma crise avassaladora. Destacou que muitas pessoas estão em situação de vulnerabilidade e dependendo da Justiça do Trabalho para receber salários e ter sua subsistência garantida.

Para o corregedor-geral, a Justiça do Trabalho está conseguindo atender bem a sociedade, valendo-se da sua estrutura tecnológica e do fato de 98% dos seus processos serem eletrônicos, o que permite a atuação remota e a realização de audiências e sessões telepresenciais. “ A Justiça do Trabalho continuou sendo uma Justiça célere e muito próxima ao cidadão, mesmo nessas condições adversas”, salientou.

O ministro Aloysio também manifestou sua satisfação em iniciar a correição no TRT-RS, “um Tribunal de excelente atuação ao longo da sua história, comprometido com a jurisdição e com os pressupostos da democracia”.

clica