Direito Global
blog

Velório com churrasco, chopp e música em SC

Um velório diferente chamou a atenção em Coronel Freitas. Churrasco, chopp e música marcaram a despedida de Joaquim da Silva Rosa, de 60 anos, que foi morto a facadas no bairro Eldorado, em Chapecó (SC).

O filho de Joaquim, Paulo da Rosa, explicou que a cerimônia foi para atender a um pedido do pai. De acordo com ele, foi dito que “no dia em que ele falecesse não era para chorar no velório, era para fazer festa, beber cerveja e comer carne com os amigos que ele sempre gostou. Eu como filho, não esperava uma morte com toda essa brutalidade, mas cumprimos a promessa”, conta.

O fato gerou repercussão no município e surpreendeu Paulo e os irmãos. “As pessoas têm que chorar quando a pessoa estiver viva, por causa que depois não adianta ir lá se jogar por cima do caixão, temos que dar mais valor para o ser humano vivo, ir visitar pois depois que falece não tem o que fazer. Meu pai sempre gostou de bebedeira, festa com os amigos e foi o que ele pediu, apenas atendemos o pedido dele”, pontua.

Joaquim da Silva Rosa foi morto a facadas em um estabelecimento comercial no bairro Eldorado, em Chapecó. De acordo com o relato de testemunhas, o homem estava sentado em uma cadeira de um estabelecimento comercial quando o autor do crime chegou e o atingiu com ao menos cinco facadas. A Polícia Civil investiga o caso.

clica