Direito Global
blog

Projeto Arte do Ser

A Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), por meio do Projeto Arte do Ser, promoveu ações nas Casas de Acolhimento Sol Nascente e Maria Tapajós. O encontro é fruto da parceria do projeto Arte do Ser com a Assessoria Militar (Asmil) do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), representado pelo capitão Julimar, que dialogou com os adolescentes sobre religião, e ao final teve lanche para os meninos.

A programação para os próximos encontros incluem palestra com temática variada desde prevenção as drogas, infecções sexualmente transmissíveis, higiene pessoal, educação sexual, encontros religiosos, além de aula de violão.

O projeto foi desenvolvido pela falta de opções de lazer e atividades educacionais dentro do ambiente das instituições de acolhimento de Rio Branco. O objetivo é mostrar a importância da arte na educação das crianças e jovens; as possibilidade que ela proporciona na vida dos infantes, além de ser uma ferramenta para os aproximar da cultura nacional e local.

Desta forma, a iniciativa tem como princípio fundamental o fato de que a concentração, disciplina e criatividade são alguns dos resultados obtidos quando o lado artístico nos infantes é instigado e desenvolvido. Por conseguinte, tanto o desenvolvimento escolar, quanto o convívio social serão afetados de forma positiva. O projeto é uma forma de extensão da sala de aula, só que de forma mais social.

Para além das atividades artesanais, o projeto coloca em foco o tema da saúde mental dentro dos abrigos, promovendo um canal de escuta especial para os adolescentes à medida que busca minimizar os danos psicológicos causados pelo tempo de abrigamento.

clica