Direito Global
blog

Ronaldo e a nebulosa empresa XP

Do advogado Nicola Manna Piraíno, mineiro de Prata mas radicado há muitos anos no Rio de Janeiro:

“E o ex jogador Ronaldo Nazario, idolatrado como fenômeno, está fazendo um negócio da China, em relação à compra de 90% das ações do Cruzeiro, através de uma S.A. A nebulosa empresa XP está “assessorando” o clube mineiro, mas parece que joga do outro lado, pois favoreceu o “fenômeno”, pois referendou a transação.Na negociação, consta a transferência dos passes de todos os jogadores, inclusive da base, pela bagatela de R$ 50 milhões, ao contrário dos anunciados R$ 400 milhões, ou seja, os R$ 350 milhões restantes não serão desembolsados pelo Ronaldo Nazário, mas serão obtidos pela arrecadação futura da S.A. Não satisfeito, com a franciscana negociação, tipo na bacia das almas, agora quer abocanhar os bens imóveis do Cruzeiro (Tocas 1 e 2, e o valorizadíssimo imóvel cruzeirense do Barro Preto, ao argumento de que os bens poderão ser perdidos judicialmente, pelas dívidas do clube, e que, ele, Ronaldo, poderá enfrentar melhor as demandas no Judiciário. Ele, que ficou muito bravo, porque vazou o tal negócio antes sigiloso, está jogando a torcida contra o Conselho Deliberativo do Cruzeiro, dizendo que vai sair fora do negócio, apesar de negar tal atitude, forçando a entrega do restante das joias da coroa. A negociação envolvendo o Cruzeiro é totalmente diferente daquela firmada com Botafogo, por exemplo. As denúncias relativas ao clube mineiro servem de alerta para a falácia de milagre, na transformação de clubes de futebol em sociedades anônimas”.