Direito Global
blog

Clea Carpi, uma advogada de muito valor

Aos 85 anos, a advogada especializada em Direitos Humanos Cléa Anna Maria Carpi da Rocha, nascida em Guaporé, na serra gaúcha,é uma das figuras mais importantes da história da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Primeira mulher a assumir a presidência da OAB do Rio Grande do Sul em 1989, Cléa Carpi se tornou também a primeira mulher a receber a medalha Ruy Barbosa, a maior honraria da advocacia brasileira, na cerimônia de encerramento da XXIII Conferência Nacional da Advocacia Brasileira, em 2017. A Medalha Ruy Barbosa foi instituída pela OAB em 1957, mas só foi concedida pela primeira vez em 1971, a Sobral Pinto. Ela tem como objetivo homenagear juristas por serviços prestados à cidadania e à advocacia. Ruy Barbosa foi eleito, em 1948, o patrono dos advogados brasileiros.

Graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS), e Procuradora Federal aposentada, Clea Carpi já foi Secretária-geral do Conselho Federal da OAB. Membro do Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul – IARGS, teve destacada atividade na vida acadêmica, presidindo o Centro Acadêmico André da Rocha e Vice-Presidente da União Estadual de Estudantes. Exerceu a presidência da Associação dos Procuradores Autárquicos Federais. Presidente da Associação Americana de Juristas Continental (AAJ), organização não governamental com estatuto consultivo no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas.

Foi, ainda, vice-presidente da Associação Internacional dos Juristas Democráticos (AIDJ), organização fundada em Paris, em 1946, com estatuto consultivo junto ao Conselho Econômico e Social da ONU, UNESCO e UNICEF. Já participou de sessões da Organização Internacional do Trabalho (OIT), expositora em congressos e seminários nacionais e internacionais. Participou como observadora de conferências da Organização das Nações Unidas (ONU), em Beijing, Istambul e Cairo. Especializada em direitos humanos, atuou também na luta pelo Estado Democrático de Direito e no processo de redemocratização do Brasil, nos movimentos Diretas Já e pela anistia.

Várias vezes eleita conselheira federal pelo advogados do seu estado, Clea Carpi já foi agraciada com o Prêmio Bertha Lutz, concedido pelo Senado Federal, e integra a Associação Americana de Juristas (AAJ) e a Associação Internacional dos Juristas Democráticos (AIJD). Já participou de sessões da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em que foram debatidas as formas de trabalho infantil. Integrou, ainda, a delegação oficial brasileira na Conferência do Cairo sobre População e Desenvolvimento, em 2004.

Cléa Carpi ainda vem atuando como expositora em congressos e seminários nacionais e internacionais. Participou como observadora de conferências da ONU em Beijing, Istambul e Cairo. Especializada em direitos humanos, atuou também na luta pelo Estado Democrático de Direito e no processo de redemocratização do Brasil nos movimentos Diretas Já e pela anistia.

clica