Direito Global
blog

Estádio da Lusa fica localizado no bairro da Portuguesa

O gol dos ventos uivantes aconteceu no dia 19 de setembro de 1970, na partida em que o Flamengo derrotou o Madureira por 2–0, válida pela última rodada do Campeonato Carioca daquele ano. Já eram jogados trinta minutos da segunda etapa e o Flamengo vencia por 1–0, gol de Zanata de pênalti, quando Ubirajara, o goleiro rubro-negro, repôs a bola, provavelmente buscando o passe para o atacante Nei. Só que o chute, contando com a colaboração do vento, foi mais forte que o esperado: a bola, traiçoeira, quicou e encobriu o goleiro adversário Paulo Roberto, contando também com um corta luz de Nei, que terminou de complicar a jogada para o arqueiro do tricolor suburbano. Final da partida: Flamengo 2×0 no Madureira.
O campo da Associação Atlética Portuguesa, a Lusa carioca, ficava localizado na antiga Ilha do Governador. O estádio continua no mesmo lugar mas com o fim por decreto da Ilha do Governador ( decreto municipal 3157, de 23 de julho de 1981) mas com outro endereço: bairro da Portuguesa. É um dos catorze bairros que constituem a extinta Ilha do Governador. Limita-se, a oeste, com o Galeão; ao sul, com o Jardim Guanabara; e, a leste, com o Jardim Carioca e Moneró; tendo, ao norte, saída para a Baía de Guanabara.
Esse gol foi reconhecido pelo Guinness World Records como primeiro gol de goleiro marcado com bola rolando, de sua baliza até a baliza adversária. Mais tarde, o autor da raridade fez o seguinte comentário: “O Pelé fez mais de mil gols. Eu fiz um e estou do lado dele no livro dos recordes. Para você ver como foi importante o meu gol. O meu gol tem o valor de mil”.
O bairro da Portuguesa é majoritariamente residencial. Seu centro comercial fica ao longo da estrada do Galeão e rua República Árabe da Síria, o mais expressivo da ilha, só comparado ao bairro Jardim Guanabara. Esse trecho recebeu em 1996, o projeto Rio-Cidade, da prefeitura, sendo criado um calçadão, áreas de estacionamento, passarelas metálicas e nas extremidades da área de intervenção urbana, dois monumentos, um pórtico e um obelisco marcando simbolicamente a entrada da ilha.

FLAMENGO 2 X 0 MADUREIRA

Competição: Campeonato Carioca 1970 – Segundo Turno
Data: 19 de setembro de 1970
Local: Estádio Luso Brasileiro – Rio de Janeiro
Renda: Cr$ 5.750,00
Gols
Flamengo: Zanata (pênalti), aos 40’ do primeiro tempo, e Ubirajara, aos 30’ do segundo tempo.

clica