Direito Global
blog

O então menino Reis de Paula via diariamente Chico Xavier

Onde Chico Xavier trabalhava? Dos quatro empregos que teve, por 32 anos trabalhou na Escola Modelo do Ministério da Agricultura, em Pedro Leopoldo. Ao seu lado, durante toda o período no Ministério da Agricultura sentava José de Paula, um engenheiro agrônomo. José de Paula era pai do ex-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e primeiro ministro negro da cúpula do Judiciário em Brasília, ministro aposentado Carlos Alberto Reis de Paula. “Era bem pequeno, andava de charrete pela cidade, ia na padaria e na farmácia e com isso via com frequência Chico Xavier pelas ruas de São Leopoldo”, conta Carlos Alberto – torcedor “doente” do América Mineiro por interferência direta do pai – que após se aposentar continuou a residir em Brasília.

Chico Xavier deixou Pedro Leopoldo no dia 18 de dezembro de 1958 – Carlos Alberto Reis de Paula em o documento oficial guardado em casa – e seguiu para Uberaba, no Triângulo Mineiro. Chico Xavier sempre se sustentou com seu modesto salário, não onerando a ninguém. Chico Xavier freqüentava a escola primária pública pela manhã e depois trabalhava numa indústria de fiação e tecelagem, mal tendo aprendido a ler e a escrever. Depois foi empregado como caixeiro numa loja e, mais tarde, como ajudante de cozinha.

Começou a trabalhar cedo, pois precisava ajudar nas despesas de casa, e cedo também veio a doença. Primeiro os pulmões, depois os olhos e depois a angina, que provocava dores no peito. O olho direito sofria de um estrabismo divergente pronunciado. Ao longo das décadas, Chico Xavier mudou bastante de aparência. Assumiu os cabelos crespos de sua origem mulata, ficou calvo, usou peruca, adotou boinas, foi obeso, definhou com a pele grudada nos ossos.

Com 17 anos, em 8 de julho de 1927, Chico Xavier fez a primeira reunião pública de serviço mediúnico e começou a psicografar. Em 1959 Chico Xavier mudou para Uberaba e fundou o centro espírita Comunhão Espírita Cristã, onde recebia pessoas em busca de contato com parentes falecidos.

O que é o Espiritismo Segundo Chico Xavier? Para o espiritismo cristão de Chico Xavier, ser espírita é ser reverente a Deus, ser letrado, piedoso, obediente e caridoso, assim como um bom cidadão, um trabalhador disciplinado e um membro amoroso de um núcleo familiar, combinando um ideal religioso com um ideal cívico.

clica