Direito Global
blog

Condenado ‘juiz dos ingleses’

A Corte Especial do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF-3), em São Paulo, condenou o juiz Leonardo Safi de Melo, conhecido como ‘juiz dos ingleses’, a mais de 39 anos de prisão na Operação Westminster. A investigação revelou um suposto esquema de venda de decisões judiciais.

A sentença também impõe a perda do cargo. Safi já estava afastado das funções na 21.ª Vara Federal Cível de São Paulo desde que o caso veio a público. Ele chegou a ser preso preventivamente em junho de 2020, mas conseguiu habeas corpus para aguardar a conclusão do processo em liberdade.

Inconformado, o criminalista Leonardo Massud, que representa o juiz Safi, criticou o que chama de ‘excessos acusatórios que não foram corrigidos, gerando penas excessivas e evidentemente desproporcionais’. Massud informou que vai recorrer, via embargos de declaração ao próprio TRF-3. Ele também pretende recorrer aos tribunais superiores, até o Supremo Tribunal Federal.

Safi foi condenado pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e obstrução de investigação sobre organização criminosa. O advogado e juiz aposentado Paulo Rangel do Nascimento, denunciado por organização criminosa no caso, foi absolvido por falta de provas. (O Dia)

clica