Direito Global
blog

Postos de gasolina na Atlântica: dez anos de briga na justiça

Há dez anos, em maio de 2012, o então governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral decidiu fechar os cinco postos de gasolina da Avenida Atlântica, em Copacabana, com bandeira BR, da Petrobras Distribuidora. Tomada a decisão começou, uma batalha na Justiça que perdura até hoje. E não há perspectiva de terminar. Apesar da decisão do governador de fechar o postos, inclusive comunicada oficialmente ao então presidente do Sindicato de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência do Município do Rio (Sindcomb), Manuel Fonseca, dia 28 de maio de 2012 e posteriormente prorrogada para o dia 6 de junho do mesmo ano, os postos de gasolina continuam funcionando até hoje. E não há previsão da briga na justiça terminar.

clica