Direito Global
blog

Juiza manda prender modelo que matou adolescente

Dois agentes da 16ª DP (Barra da Tijuca) estiveram hoje (03) no Hospital Marcos Morais, no Méier, na zona norte do Rio de Janeiro, para cumprirem o mandado de prisão preventiva decretada juíza Maria Isabel Pena Pieranti, do plantão judicial do Tribunal de Justiça do Rio, do modelo Bruno Fernandes Moreira Krupp, de 25 anos. No último dia 31 de agosto ele atropelou e matou com a sua motocicleta na avenida Lucio Costa, na Barra da Tijuca, o estudante João Gabriel Cardim Guimarães, de 16 anos. Sem previsão de alta, Bruno é acompanhado dia e noite por dois policias militares do 3º BPM (Méier), zona norte do Rio de Janeiro.

Na decisão, a magistrada, afirma que o rapaz “não é um novato nas sendas do crime” e que sua liberdade “comprometeria a ordem pública, sendo a sua constrição imprescindível para evitar o cometimento de crimes de idêntica natureza, podendo-se dizer que a medida visa também resguardar a sociedade de condutas que ele possa vir a praticar”. O despacho ainda menciona que ele já foi parado por agentes da Lei Seca três dias antes do acidente, mas a blitz acabou por não ter o efeito didático.

Seu pai, o gerente de gases industriais, José Darcy Krupp Filho. filho acredita que dirigia a aproximadamente 100 quilômetros por hora, quando a vítima saiu atravessou para o meio da rua, fora da faixa de pedestres, e voltou, sendo a batida inevitável. Mas posso garantir que em momento algum ele se furtou a responder pelos seus atos, não fugindo do local nem se esquivando de prestar qualquer tipo de esclarecimento. No momento, ele se encontra hospitalizado, com suspeita de uma fratura em duas vértebras. Infelizmente, aconteceu um acidente, uma fatalidade. Nos solidarizamos a dor da família e estamos à inteira disposição para ajudar no que for necessário.

clica