Direito Global
blog

Golpe nos tribunais

A corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, acionou a Polícia Federal para investigar denúncia de suposta tentativa de golpe praticado por empresa de tecnologia usando o nome do Conselho Nacional de Justiça. Conforme o ofício encaminhado à PF, a empresa estaria oferecendo a alguns tribunais um sistema informatizado para a gestão de precatórios, sob o argumento de que a aquisição dos produtos e serviços ofertados seria recomendação da Corregedoria Nacional de Justiça.

A denúncia foi feita ao CNJ pela direção de tribunais que receberam a oferta de comercialização do sistema. Além de pedir à PF para apurar o caso, a ministra enviou ofício a todos os tribunais do país alertando para a tentativa de golpe e informando que “a Corregedoria não recomenda a adoção de quaisquer sistemas informatizados, consultorias ou metodologias fornecidas por empresas para a tramitação ou execução de precatórios”.

clica