Direito Global
blog

O alerta de Costa Leite há 20 anos

A proposta de reforma administrativa para novos servidores públicos, enviada hoje, dia 3 de setembro de 2020, ao Congresso Nacional, elimina uma série de benefícios existentes atualmente, apelidados de “penduricalhos”.

Há 20 anos, no dia 3 de abril de 2000, ao tomar posse como presidente do segundo maior tribunal do país, o Superior Tribunal de Justiça, o ministro Paulo Costa Leite afirmou em várias entrevistas à imprensa: defendo que o teto salarial seja definido sem a permissão de acumulação de aposentadorias, pensões, gratificações e “outros penduricalhos”.

Até hoje o pais discute o mesmo tema: o fim dos “penduricalhos”.

clica