Direito Global
blog

TJ manda realizar amanha eleição no Vasco

A eleição do Vasco, mais uma vez, protagoniza decisões a cada segundo na Justiça. O desembargador Camilo Ribeiro Rulieré, da Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), acatou recursos do candidato Leven Siano e do presidente do Conselho Deliberativo Roberto Monteiro, e mandou que a eleição presidencial do Vasco seja feita presencial amanhã (7). A ação foi ganha pelos ex-dirigentes da OAB do Rio de Janeiro, os advogados Wadih Damous (torcedor do Vasco) e Ronaldo Kramer (torcedor do Fluminense).

Na última terça-feira, a juíza Débora Maria Barbosa Sarmento, da 7ª Vara Cível do TJRJ, havia concedido liminar a Faues Mussa, presidente da Assembleia Geral do Vasco, para que a eleição fosse online e no próximo dia 14. O dia 7, este sábado, foi a primeira data marcada para o pleito, mas depois tinha sido mudado, a pedido de Mussa em juízo, em uma semana. Agora, a mudança de data está suspensa e ocorrerá neste sábado a eleição, presencialmente.

clica