Direito Global
blog

“Tratado de Direito Antidiscriminatório”

Chega hoje (19.01) nas principais livrarias do país o livro “Tratado de Direito Antidiscriminatório”,  do professor Adilson José Moreira, da Faculdade  de Direito da Universidade Mackenzie, Adilson Moreira, Doutor em Direito Constitucional Comparado pela Faculdade de Direito da Universidade de Harvard. E, também, Doutor em Direito Constitucional pela Faculdade de Direito da UFMG com estágio doutoral na Faculdade de Direito da Universidade de Yale , (Bolsista CAPES/CNPq). Master of Laws pela Faculdade de Direito da Universidade de Harvard, Mestre em Direito Constitucional pela UFMG (2001) (Bolsista CAPES). Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da UFMG e (Bolsista CNPq).

Durante a sua brilhante carreira o professor esteve envolvido com pesquisas sobre direitos fundamentais, sociologia do direito e direitos de minorias desde a graduação. O interesse por esses temas se manteve durante os cursos de pós-graduação e também o motivou a procurar formação acadêmica nos Estados Unidos. Sua tese de doutorado na Universidade de Harvard foi escrita sob a orientação de Randall Kennedy, Kenneth Mack e Orlando Patterson.

O professor Adilson Moreira desenvolve uma série de projetos que envolvem Direito Constitucional, Direito Constitucional Comparado, Teorias de Discriminação, Sociologia do Direito, História do Direito, Direito de Família e Direito de Minorias. Lecionou as seguintes disciplinas em universidades brasileiras: Direito Constitucional, Processo Constitucional, Teoria da Constituição, Teoria do Estado, Direitos Humanos, Metodologia Científica e Psicologia Jurídica.

No dia do lançamento do seu livro, o professor Adilson Moreira postou a seguinte mensagem nas redes sociais. Imediatamente, recebeu o apoio da advogada paulista Luiza Noronha Siqueira, Mestre pela PUC-SP em Direito Tributário e professora convidada da Universidade Presbiteriana Mackenzie no curso de pós-graduação Lato Sensu.

” Eu não tenho palavras para expressar minha alegria por poder finalmente autografar os primeiros exemplares do meu “Tratado de Direito Antidiscriminatório”. Apresentar esta obra ao público brasileiro é algo que me deixa muito, muito feliz.  Estamos em um momento histórico no qual forças reacionárias operam para comprometer o funcionamento adequado das instituições democráticas e para promover a destruição da cultura dos direitos humanos. Contra essa preocupante realidade, este livro oferece parâmetros de ação para todas as pessoas engajadas na luta contra a discriminação, um propósito que pode ser angustiante quando não temos elementos adequados para entendermos as particularidades do funcionamento dos diversos mecanismos de opressão. Espero que todas as pessoas, especialmente os integrantes de grupos subordinados, recebam este livro como se fosse um caloroso abraço de alguém que dedicou os últimos vinte anos à criação de um trabalho que poderá ser uma contribuição para a criação de processos de emancipação  social e política. Minhas reverências aos meus antepassados e aos intelectuais e às intelectuais negras que vieram antes de mim. Seguimos na luta!”

clica