Direito Global
blog

Cinco anos sem Teori

Há cinco anos a Operação Lava Jato sofria um revés inesperado na tarde de 19 de janeiro de 2017, quando um acidente aéreo causou a morte do ministro Teori Zavascki. Ele era o relator dos processos da operação no Supremo Tribunal Federal (STF) e, na época, analisava uma série de delações premiadas, que impactavam políticos com foro privilegiado. Teori foi substituído no Supremo pelo ministro Alexandre de Moraes.

Com perfil técnico e equilibrado, Zavascki dava o tom em muitas discussões na Corte e também comandava outras ações judiciais relevantes, como sobre o cumprimento de prisão após decisão judicial em segunda instância.

O acidente, numa viagem a passeio em Paraty (RJ), matou mais quatro pessoas: o empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, amigo de Zavascki, dono do Hotel Emiliano e da aeronave, o piloto Osmar Rodrigues, a massoterapeuta Maira Lidiane Panas Helatczuk, e a mãe dela, a professora Maria Ilda Panas.

clica