Direito Global
blog

Rádio Nacional, Patrimônio Histórico e Cultural

A Rádio Nacional poderá ser declarada Patrimônio Histórico e Cultural Imaterial do Estado do Rio. A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, em segunda discussão, o Projeto de Lei 5.493/22 de autoria dos deputados Mônica Francisco (PSol) e Waldeck Carneiro (PSB). A PL tem o objetivo de reconhecer a importância da histórica emissora para a cultura fluminense e de protegê-la da possibilidade de desligamento. O texto está com o governador Cláudio Castro, que tem até 15 dias úteis para sancioná-lo ou vetá-lo.

A Rádio Nacional foi inaugurada no dia 12 de setembro de 1936. É considerada um marco na história do radiojornalismo, pois foi responsável para consolidação do veículo informativo no Brasil e também fez parte da Época de Ouro do Rádio brasileiro, que deu início a cultura de massa no país.

É uma emissora pública pertencente à Empresa Brasil de Comunicação (EBC). No Portal Institucional da EBC, a Rádio Nacional do Rio de Janeiro (1.130 kHz AM e 87.1 MHz FM) é descrita como “presente na memória afetiva da população, como a emissora que mostrou o Brasil aos brasileiros e reconhecida como referência de programação plural e popular”.

clica