Direito Global
blog

Injúria racial em estádio de futebol

O Ministério Público de Goiás (MPGO) denunciou Daniel José Mendes, na comarca de Trindade, pelo crime de injúria racial, com aumento de pena pelo fato de ter sido praticado na presença de várias pessoas, facilitando a sua divulgação. De acordo com a promotora de Justiça Cristiane Vieira de Araújo, o inquérito policial concluiu que o denunciado estava no Estádio Abraão Manoel Monteiro da Costa, no dia 6 de junho deste ano, quando injuriou a vítima, utilizando de elementos referentes a raça e cor.

Na ocasião, o time Trindade Atlético Clube jogava contra o Atlético Goianiense Sub-20, equipe à qual pertence a vítima, que é jogador de futebol. Durante a partida, ele e um atleta do time oposto tiveram uma discussão. A denúncia relata que, neste momento, Daniel José, torcedor do Trindade Atlético Clube, cometeu o crime, usando termos como negão e macaco. O jogador ficou sem reação e todos os outros, incluindo os do time adversário, paralisaram o jogo e prestaram apoio a ele.

Vários jogadores chegaram a correr atrás de Daniel José, que reagiu dizendo “me dá minha faca e minha arma”. Na sequência, ele entrou numa construção dentro do estádio e as pessoas que o perseguiam desistiram, por acreditar que estivesse armado. O denunciado, então, fugiu e não foi encontrado pelos policiais. O fato teve grande repercussão nos noticiários e, abalada, a vítima registrou ocorrência policial.

clica